curso de marketing digital av paulista
Baseado no relacionamento a longo prazo, o marketing direto deve ser pensado por profissionais capacitados

Você já foi impactado com uma ação de marketing direto. O recebimento de catálogos de produtos, newsletter e publicidade online que não buscavam vender um produto ou um serviço, mas sim se comunicar com você cliente de alguma forma, é o chamado marketing direto.

Uma das ferramentas mais tradicionais da área, o marketing direto é caracterizado pelo estabelecimento de um relacionamento sem intermediários com o consumidor, com o objetivo de manter um diálogo prolongado com ele. É uma oposição ao marketing de produto, baseado apenas na propaganda e estímulo à compra.

A principal ação dessa área é o contato com um grupo específico de clientes e potenciais clientes (ou seja, leads) por meio de e-mail marketing, newsletter, catálogos, flyers, cupons de desconto, SMS, ligações e anúncios, sempre com mensagens segmentadas. No entanto, apesar da relevância, o consumidor não autoriza previamente o contato, como ocorre no inbound marketing.

Se bem realizada, a técnica é eficaz para fidelizar os clientes e os leads, mantendo-os ativos no longo prazo. No entanto, para isso, é essencial que o profissional realize um curso de propaganda e marketing, pois uma estratégia malfeita pode acarretar no resultado inverso, prejudicando a imagem de uma empresa mesmo após anos de trabalho duro.

Além de se capacitar por meio de um curso de propaganda e marketing, quem deseja implementar uma estratégia no local de trabalho deve considerar também:

Possuir um banco de dados – curso de marketing digital av paulista

Devido aos avanços tecnológicos, coletar informações é algo muito mais simples e obrigatório para as empresas que lidam diretamente com clientes. Mais do que isso, é preciso analisá-las! Para que o marketing direto atinja o público certo, é necessário formar bancos de dados agrupados por similaridades geográficos, demográficos, psicográficos e até mesmo de comportamentos de compra passados, garantindo um conhecimento mais individualizado de cada cliente para então agir sobre eles.

Surpreenda seu cliente

curso de marketing digital av paulista
curso de marketing digital av paulistacurso de marketing digital av paulista

As melhores empresas usam o banco de dados estrategicamente de forma a surpreender os consumidores, personalizando mensagens e tratamento. Um exemplo dessa estratégia é oferecer o acesso de um novo produto de jardinagem para os clientes que adquiriram nos últimos tempos itens similares ou relacionados à decoração e área da piscina. Clientes assíduos podem ser os primeiros a receber informação sobre a queda de preço de um item que eles já demonstraram interesse, mas acabaram não fechando o negócio antes.

Embora o principal objetivo do marketing direto não seja a venda, é preciso inserir o call to action em todo o tipo de comunicação, de acordo com o foco da campanha (gerar tráfego para o site, responder uma pesquisa de opinião, divulgar um evento, etc). O call to action aponta o cliente o que fazer em determinado contexto e, estrategicamente, serve para indicar o próximo passo desejado para empresa. Uma vez que o call to action é executado corretamente, a campanha apresenta um resultado positivo.

Determine um prazo

Estabelecer uma data limite para o call to action é fundamental para que o cliente se prontifique a agir imediatamente. Se isso não ocorrer, ele tenderá a postergar, ultrapassando a duração da campanha, ou simplesmente irá ignorar a comunicação. Frases como “só essa semana”, “confirmações até o dia tal” ou “responda agora para isso acontecer” estimulam a uma ação rápida, algo essencial para que o objetivo da campanha seja atingido.

Ao buscar por um novo produto e se deparar com várias opções nas prateleiras do mercado, você com certeza vai comparar diversos produtos em relação a fatores fundamentais para a sua compra, como a qualidade da marca, o preço, a embalagem, a composição e outros. No mundo dos negócios, esta análise recebe o nome de curso marketing digital av paulista, mas vai muito além de comparações ocasionais e pode determinar os rumos de uma companhia.

Para compreender o que é benchmarketing, não é preciso ser um especialista do segmento de marketing, embora o chamado “benchmarking” esteja sim associado a esta área do conhecimento. Por definição, o bench é uma ferramenta de gestão que permite mensurar a performance de um empresa em relação a sua eficiência e a de outras organizações, sejam elas concorrentes ou não.

Ele pode ser utilizado em praticamente todos os setores do mercado e em todos os departamentos da companhia. Uma indústria têxtil pode analisar práticas de recrutamento de uma agência de comunicação, um supermercado pode comparar suas soluções de TI para os caixas com seu concorrente direto, um açougue pode pesquisar os preços dos cortes que saem menos em outros estabelecimentos da região e assim por diante.

Curso de Marketing Digital Av Paulista

 

Não são apenas as grandes empresas que têm a se beneficiar com o benchmarking. Pequenos e médios negócios devem utilizá-lo ao seu favor para atingir seus objetivos, como cortar custos, expandir seu tamanho, fazer uma divulgação mais efetiva, entre outros usos possíveis. A ação não precisa ser feita apenas em relação a empresas de porte semelhante, pois um bom bench considera diversas práticas do mercado para servir de referência internamente.

É importante ficar atento, pois curso de marketing digital av paulista não quer dizer que você deve copiar tudo o que as empresas que servem de inspiração para o seu negócio estão fazendo! Você precisa observar, comparar e aprender com elas, a fim de adaptar ou criar novas soluções que façam diferença e evitar as novidades que têm potencial para fracassar no seu caso.

curso de marketing digital av paulista não é um evento isolado o ideal é ser feito sempre, ou, ao menos, sempre que houver necessidade. O segredo é ser instaurado como um processo contínuo de pesquisa de referências e, por esta razão, não é rápido e fácil de ser feito. O bench também não fornece respostas imediatas ou uma fórmula mágica capaz de revolucionar uma organização, pois isto vai depender da forma como as informações serão recebidas e aproveitadas internamente pelos departamentos responsáveis.

A realização do benchmarking não substitui a análise da concorrência. O foco do bench é a identificação de boas práticas, enquanto que a análise é a responsável por medir o desempenho, permitindo que a empresa corra atrás de prejuízos ou saia na frente de seus competidores, por exemplo.

COMO SABER MAIS? – curso de marketing digital av paulista

Qualquer colaborador que atua na organização pode ser encarregado, de forma direta ou indireta, de realizar o benchmarking. Além de selecionar quem serão os responsáveis por procurar e avaliar as práticas do mercado, em uma simples conversa com um colega de trabalho é possível obter bons insights sobre o assunto a partir de um comentário sobre um programa de TV, sobre as últimas férias ou sobre a escolha do restaurante para a hora do almoço.

Apesar de haver muitas oportunidades para realizar o bench, é essencial que ele seja estratégico. Para isto, iniciar um curso de marketing ou de planejamento estratégico pode auxiliar, além da experiência na prática dentro da empresa. Um trabalho alinhado com as necessidades da organização inclui a seleção de competidores ou empresas de referência, a determinação de critérios qualitativos e quantitativos, a captura de dados, a comparação e a análise das informações e a identificação dos pontos positivos e negativos.

curso de marketing digital av paulista

Você também pode contar com uma série de ferramentas, em sua maioria digital, que oferecem insumos e automatizam o benchmarking. Uma simples assinatura de um jornal ou uma revista especializada em sua área de atuação já pode ser de grande valia. Identifique quais são as melhores ferramentas, levante os custos e os benefícios e negocie com seus gestores a possibilidade de utilizá-las ou não.

Investir em relacionamento também é essencial para ter acesso a boas informações. Não veja o seu concorrente como um inimigo e estimule a sua equipe a fazer a mesma coisa, pois assim é possível, por exemplo, agendar uma reunião para discutir algumas práticas ou participar de eventos dedicados à sua área de atuação. Nem todos os departamentos toleram a aproximação: você perceberá que alguns setores possuem um sigilo mais rígido, principalmente em relação a práticas externas, mas uma boa parte dos negócios está aberta a conversas, principalmente quando se trata de aprimoramentos internos.

E DEPOIS? – curso de marketing digital av paulista

Se você fez um bom benchmarking que acarretou no lançamento de um processo, na melhoria de uma prática ou na mudança de um produto, não deixe de exibir os resultados. Utilize os KPI pré-estabelecidos para realizar a comparação e demonstre que a empresa está no rumo certo. Por outro lado, se a novidade não teve boa aceitação ou fracassou, também é preciso reportá-la e retornar a ela sempre que uma ideia semelhante surgir.

Curso de Marketing Digital Av Paulista

Lembre-se que a melhor forma para identificar o resultado é analisar se o benchmarketing proporcionou vantagens competitivas para a companhia onde você atua. Considerar apenas o nivelamento com os concorrentes é um erro grave, pois a melhor forma de utilizar o bench é justamente para se destacar da concorrência com um diferencial, conquistando um espaço único no mercado.

No entanto, mesmo que após tanto esforço o benchmarking não desencadeie uma mudança na companhia, pense da seguinte forma: ele é fundamental para incentivar as empresas a pensarem além dos seus muros e limitações, em busca de fatores que as tornem cada vez melhores. Este pode ser o grande resultado do bench para os negócios e, conforme a empresa evolui, ela estará muito mais aberta a inaugurar novidades provenientes de uma análise constante, estratégica e cautelosa

Paceiros

Nova 3D

Mobbra

móveis para escritório mogi das cruzes

curso de marketing digital av paulista

Leave a Comment